TRAVIS BROYLES (10) Tatuadores

TRAVIS BROYLES


Sua vida gira em torno da arte, desde as artes plásticas, música até o cinema. Profissional da tatuagem há seis anos, começou por intermédio de William Adams, em Indianápolis. William lhe ensinou do básico, até como produzir uma tatuagem grande, linhas arrojadas, realizando trabalhos sólidos com cores consistentes, e sua carreira se desenvolveu desde então, tendo o privilégio de trabalhar com vários dos grandes artistas do universo da tattoo e nesta jornada aprendeu muito com eles.

TRAVIS BROYLES (2) TRAVIS BROYLES (1)

 

Todas essas possibilidades lhe fizerem um artista muito mais completo, segundo ele. Acredita que seu trabalho contribui para o neo tradicional, a arte ilustrativa e o realismo, assim como o preto & cinza, mas isso não significa que ele está limitado a fazer somente esses estilos de tatuagem. Acredita que cada tatuagem deve contar a sua história através do trabalho produzido.

 

Lembra-se de seu passado sempre desenhando, por meio do ensino médio e constantemente em cursos de arte para se aperfeiçoar na pintura. Ganhou seu primeiro computador com 8 anos de idade e sempre foi fascinado por essas máquinas, como elas funcionam, e tudo que permeia este o universo, acreditando que todo esse background em design gráfico melhora suas habilidades artísticas em vários níveis, inclusive na tatuagem.

TRAVIS BROYLES (4) TRAVIS BROYLES (3)

 

Travis também é um dos membros fundadores do Monstro Robot, Inc. Outro tema que influencia muito seu trabalho são os filmes de terror. Qualquer um que o conhece sabe da sua fascinação por cinema, principalmente por filmes macabros. Tem uma enorme coleção, sendo que 95% de seu acervo permeiam esse universo, e os outros 5% restantes são comédia. Acredita que seus filmes acidentalmente influenciaram seus gostos musicais e artísticos.


Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>